UOL


Trinidad e Tobago, Homem, Mais de 65 anos, Quechua, Assamese, emai:ultramaniacs@ig.com.br


01/02/2009 a 28/02/2009
01/01/2009 a 31/01/2009
01/12/2008 a 31/12/2008
01/11/2008 a 30/11/2008
01/10/2008 a 31/10/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005


Dê uma nota para meu blog


 Acervo de filmes para trocas
 JAPAN ACTION
 Reduto do Comodoro
 Viscera
 Pagoda Reborn
 Projeto 365
 BOL - E-mail grátis
 UOL - O melhor conteúdo
 Mochileiros.com
 O Viajante
 Necrofilmes
 Arquivo HQ
 Asian Fury
 Viver e Morrer no Cinema
 Blog do Medina
 Kinocrazy
 Mondo Paura
 Titara´s World
 Erocks
 Lolitas Sanatorium
 Bulhorgia
 Blog do Baiestorf
 Hediondo
 Cineasia
 Cave
 Blog blog blog
 Muitas Abobrinhas
 Demmentia 13
 Uebbemais
 Rabisco
 Impressões Cinéfilas
 Horror and Kung Fu
 Sonykowfax
 Bressonianas
 Universos Cinobibliomusicais
 Zatoichi
 Mad Blog
 Carlos Lira
 Os Jovens Turcos
 Grande Otelo
 Asian Virus
 Anime Comic
 Textos do Ad
 Revista Zingú
 Caminhante Noturno
 Vá e Veja
 Monsenhor
 Palace Hotel
 Boca do Inferno
 My Asian Movies
 Claquete
 Blog de Cinema
 Stravaganza
 Maquinário da Noite
 Museu do Cinema
 Hong Kong Old School
 Os Intocáveis
 Horror Express
 F World
 Setor 8
 A Arca
 Eco Social
 Nocturnia Z
 O Fanático
 Cam. Noturno Games
 Tudo Vintage ou Não
 Rolo de Filme
 Cine Terceiro Mundo
 Contatos Imediatos
 Cine Groove
 Musas
 Age of Asia






O que é isto?
BAKEMON


Basicamente Tsukamoto

Shinya Tsukamoto. É um dos meus preferidos, sem dúvida. O supra-sumo do caos urbano; o tio da maleta de pandora; a inquieta mosca alucinada que pousou no meu DVD; o Kafka dos tempos modernos; o diretor de TETSUO. Fez seu primeiro filminho caseiro aos 14 anos, e não foi sua festa de aniverário, mas sim um insano filme de monstros. Fez TETSUO em 1989 e por aí foi. Só alegria. BASIC TSUKANOTO é documentário de uma hora que traz raríssimas cenas de seus primórdios caseiros até SNAKE OF JUNE e uma entrevista do cara comentando cada filme que atuou como diretor e alguns como ator. Só acho que o DVD poderia ter sido enriquecido com depoimentos de outros diretores, atores etc etc. Mas tudo bem, afinal, não é sempre que ele aparece no Fantástico.

Para quem busca mais detalhes sobre seu trabalho, recomendo a leitura de IRON MAN: THE CINEMA OF SHINYA TSUKAMOTO de Tom Mes. Um livro espetacular e absolutamente imperdível. Tom Mes acerta em deixar o lenga-lenga descritivo e cansativo (característico de AGITATOR, livro sobre Takashi Miike) e voltar mais para a carreira do Tsukamoto-san.

Infelizmente, só um filme dele foi lançado no Brasil:
TOKYO FIST
(Tokyo Porrada, Alpha Filmes, VHS somente - edições dublado e legendado).

Ramon Bacelar fez recentemente um resumão do cara em seu site MAQUINÁRIO DA NOITE. Confiram aqui.



 Escrito por Bakemon às 12h45
[ ]



Faster Pussycat, Kill! Kill!

Lembro que quando assisti esse filme seminal ficava imaginando (entre outras coisas...) suas reais cores: as roupas, os carros, os cabelos etc. Que maravilhas visuais se escondiam por de trás da barreira do preto-e-branco? Qual era a cor da roupa de Varla? Do top da Rosie? Qual a cor do carro que cruzava aquele inóspito deserto? Etc. Okay, você pode até falar que o charme do filme está no preto-e-branco, mas sinceramente não sei... Russ Meyer sempre foi um cara esperto que estava uns dois mil anos a frente dos outros. Imagino o filme colorido rasgando e queimando suas pupilas a mil por hora. Mas enfim, essa minha curiosidade ainda continua, mas finalmente pude conferir o filme com legendas em português graças a costumeira bondade Herax Pictures. Tudo o que eu quero agora é dar uma voltinha com a Tura Satana. Será que eu sobreviveria?



 Escrito por Bakemon às 12h31
[ ]



Panteras cor-de-rosa!

Cara, não preciso de bolas de cristal para saber que isso deve ser tão lindo quanto LADY SNOWBLOOD. Não sei quanto a você, mas eu nunca digo não a uma mulher com espadas. Venha para o papai! Estava mesmo precisando de um pouco de ação!


Female Demon Ohyaku
(1968. Dir Yoshihiro Ishikawa - roteirista de GHOST CAT MANSION)
 

Quick-Draw Okatsu
(1969. Dir Nobuo Nakagawa - o gênio de JIGOKU)
 

Okatsu The Fugitive
(1969. Dir Dir Nobuo Nakagawa)

Estes são os próximos lançamentos da coleção Pink Violence, da Synapse Films (nos states) em 13 de novembro. Um feliz Natal a todos



 Escrito por Bakemon às 12h30
[ ]



Elas estavam aqui e eu não sabia!

Reconheço minha certa dose de ignorância sobre os lançamamentos nacionais em DVD. Só agora pude conferir o lançamento de DE VOLTA AO VALE DAS BONECAS por aqui numa maravilhosa edição dupla. Sobre o filme, não preciso dizer muita coisa. É magistralmente único e inigualável. E, agora, recheado com super-duper extras!!! Não perca mais tempo, peça para mamãe fazer aquele penteado esperto dos anos 60; pegue a cartela de adesivos saborizados do Bozo e play no bicho!!!

Falando em Russ Meyer e mulheres de peito, o sempre atento Maurício Kern descobriu esta banda dos anos 60 que parece ser a melhor banda feminina de todos os tempos. Chama-se The Ladybyrds. Se alguem tiver alguma coisa delas, por favor, exerça sua solidariedade diante dos mais necessitados.

 

Será que ainda precisamos dos desenhos do fascista do Walt Disney quando temos Os Simpsons?



 Escrito por Bakemon às 12h48
[ ]



Almôndegas from hell

De tempos em tempos, autênticos cavaleiros do apocalipse carregando cameras na mão nos convidam a uma viagem ao absurdo, ao indecifrável e ao limite da sanidade. Fazem escala nas sombras mais obscuras da consicência humana para nos divertir, desafiar, chocar, amaldiçoar e, principalmente, dizer "segura mais essa!". MEATBALL MACHINE é mais um desses filmes que trazem o DNA da loucura e da bestialidade em seus fotogramas abençoados pelo caos cinematográfico. O filme é sobre alienígenas que se apoderam de corpos humanos que os transformam em verdadeiros gladiadores do caos; sanguinários mutantes cujo prazer único é se degladiarem até a morte. Ao vencedor, o prêmio: devorar a célula onde se esconde o alienígena derrotado. Impossível não lembrar de todos aqueles filmes de seres humanos possessos por lesmas nojentas intergaláticas. Mais difícil ainda não recordar de TETSUO e aquela metamorfose ambulante; e também de VIDEODROME e toda alergia sangrenta da modernidade. Altamente recomendado a pessoas de bom gosto que buscam a diversão em doideras apocalípticas.



 Escrito por Bakemon às 12h07
[ ]



Procura-se desesperadamente


Aatank
(Turquia, 1996. Dir Prem Lalwani)
Tubarão? Piranha? Bacalhau? Não sei, mas parece tão bom quanto um sushi de lambari. Uma doidera que preciso assistir.




Uçan Kiz
(Turquia, 1972. Dir Semih Evin)
Já falei da Batwoman mexicana tempos atrás, mas essa parece ter uma saúde melhor. Não entendo como o Batman ainda insiste no Robin...



 Escrito por Bakemon às 12h45
[ ]



Dois filmes...

MACARIO (México, 1960. Dir Roberto Gavaldón)
Semana passada rolou uma mostra de cinema latino-americano em SP. Sem tempo, curti só um. Macario é o um pobre camponês que vive com fome. Cansado disso, resolve não comer mais nada enquanto não conseguir devorar um peru inteiro para ver se assim experimenta o sentimento do que é estar com o estômago cheio. Um dia, sua esposa consegue um peru para ele e resolve desfrutá-lo sozinho na floresta. O que ele não esperava é ser constantemente interrompido por estranhos personagens que aparecem do nada que querem um pedaço do delicioso assado. Não parece coisa de desenho animado? Mas foi divertido, e como todo bom filme mexicano das antigas, tem uma boa dose de surrealismo e de fantasia; tudo inserido numa forte mensagem social a la Charles Dickens.

 

DYNAMITE WARRIOR (Tailândia, 2006. Dir Chalerm Chupong)
Um pequeno monge testemunha a morte de seus pais. Após aprender os segredos do muay-thai e da construção de mísseis caseiros busca a vingança à bordo de seus brinquedinhos. Apesar de vir escrito no DVD: "Dan Chupong, o astro de BORN TO FIGHT" e "Do mesmo coreógrafo de ONG BAK", não espere um clássico. É um Sessão da Tarde cheio de humor, magia negra, efeitos especiais e aquelas famosas joelhadas que parecem se repetir infinitamente. Nem que podiam variar um pouco os golpes. Infelizmente Tony Jaa não pode estar em todos os filmes. Não compromete, mas também não é nenhuma maravilha.



 Escrito por Bakemon às 12h52
[ ]



[ ver mensagens anteriores ]