UOL


Trinidad e Tobago, Homem, Mais de 65 anos, Quechua, Assamese, emai:ultramaniacs@ig.com.br


01/02/2009 a 28/02/2009
01/01/2009 a 31/01/2009
01/12/2008 a 31/12/2008
01/11/2008 a 30/11/2008
01/10/2008 a 31/10/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005


Dê uma nota para meu blog


 Acervo de filmes para trocas
 JAPAN ACTION
 Reduto do Comodoro
 Viscera
 Pagoda Reborn
 Projeto 365
 BOL - E-mail grátis
 UOL - O melhor conteúdo
 Mochileiros.com
 O Viajante
 Necrofilmes
 Arquivo HQ
 Asian Fury
 Viver e Morrer no Cinema
 Blog do Medina
 Kinocrazy
 Mondo Paura
 Titara´s World
 Erocks
 Lolitas Sanatorium
 Bulhorgia
 Blog do Baiestorf
 Hediondo
 Cineasia
 Cave
 Blog blog blog
 Muitas Abobrinhas
 Demmentia 13
 Uebbemais
 Rabisco
 Impressões Cinéfilas
 Horror and Kung Fu
 Sonykowfax
 Bressonianas
 Universos Cinobibliomusicais
 Zatoichi
 Mad Blog
 Carlos Lira
 Os Jovens Turcos
 Grande Otelo
 Asian Virus
 Anime Comic
 Textos do Ad
 Revista Zingú
 Caminhante Noturno
 Vá e Veja
 Monsenhor
 Palace Hotel
 Boca do Inferno
 My Asian Movies
 Claquete
 Blog de Cinema
 Stravaganza
 Maquinário da Noite
 Museu do Cinema
 Hong Kong Old School
 Os Intocáveis
 Horror Express
 F World
 Setor 8
 A Arca
 Eco Social
 Nocturnia Z
 O Fanático
 Cam. Noturno Games
 Tudo Vintage ou Não
 Rolo de Filme
 Cine Terceiro Mundo
 Contatos Imediatos
 Cine Groove
 Musas
 Age of Asia






O que é isto?
BAKEMON


Deixa o homi trabaiá!!!

BREATH: o 14º filme do Kim Ki-Duk para a imensa alegria dos críticos. Trailer aqui.



 Escrito por Bakemon às 17h16
[ ]



Algumas coisas...

O Número 23 (EUA, 2007. Dir Joel Schumacher)
Jim Carrey é um cara esforçado. Mas está claramente sem rumo. Mas a curisosidade de vê-lo em um thriller era grande e a decepção foi proporcional. Sinto por ele e por mim, que perdi tempo e R$ 23 em ingressos.

Extremo Sul (Brasil, 2005. Dir Sylvestre Campi e Monica Schmiedt)
O que era para ser um grande documentário sobre uma expedição de montanhistas ao Monte Sarmiento, na Patagônia chilena, se tornou uma baboseira de intrigas entre seus participantes. Até parecia um reality show. Uma perda de tempo que não foi total graças a um formidável trabalho de fotografia.

Estava revendo CONFLITOS INTERNOS e notei que Martin Scorcese demorou 1 hora para fazer o que seu colega chinês fez em menos de 5 minutos! Estou falando da "infiltração" propriamente dito. Não que esses 55 minutos a mais sejam ruins; mas prefiro o original.

DARK FLOORS é o filme de terror que está sendo escrito pelo Mr. Lordi — vocalista do Lordi (foto acima) — com estréia prometida para dezembro deste ano. O cara disse que vai ser uma mistura de slasher americano com um toque de terror japonês. E claro, a banda toda estará na trilha sonora e também atuando. Agora fiquei na dúvida se vai ser mesmo um filme de terror ou de comédia.

O lendário vocalista Jello Biafra criticou a decisão de sua ex-banda Dead Kennedys de autorizar a música "Too Drunk To Fuck" para a trilha sonora de Grindhouse. Em resposta, a banda sugeriu que ele doasse sua parte dos direitos para a caridade. "Os comentários de Jello Biafra demonstram que ele está mais interessado em chamar a atenção para si mesmo e se achar um mártir do que fazer algo para entidades beneficentes...", ironizou a nota oficial do Dead Kennedys. "Ao contrário do que ele diz, essa música não é só dele...", completa. (fonte: Rock Brigade)

Para finalizar, mais alguns lançamentos em breve nas locadoras: CIDADE DA VIOLÊNCIA (City of Violence, Coréia do Sul, 2006. Dir Ryoo Seung-wan), EXILADOS (Exiled, Hong Kong, 2006. Dir Johnny To) e UM LONGO CAMINHO (Qian Li Zou Dan Qi, Hong Kong, 2005. Dir Zhang Yimou). Bakemon recomenda muito os últimos dois.



 Escrito por Bakemon às 17h08
[ ]



Jade Warrior

Mas que diabos um viking finlandês cabeludo que parece ter saído das filmagens do Senhor dos Anéis faz na China medieval e dar uma de gostosão espadachim tipo David Carradine? Pois é. Esse é Sintai, um cara que promete salvar a todos ao enfrentar um demônio local depois de todos os shaolins picaretas da área se acorvadarem. O problema ressurge nos tempos atuais em plena Helsinki quando esse demônio é libertado e promete se vingar de todos os descendentes de seus algozes. Muito bem. Se seu sonho sempre foi assistir um wuxia finlandês que mistura kalevala (mitologia finlandesa) com pai-meis e outros tigres e dragões essa é a sua grande oportunidade. E até que o filme é bem feitinho, mas não espere muita ação; algumas cenas bacanas como uma luta de martelos tipo Thor vale a pena ser conferido. No fim, toda essa mistureba pode parecer interessante e exótica, só não dá para aguentar mais esses papos-furados filosóficos à la Yoda que faria o mais entusiasmado Pai-Mei e Miyagi sensei passar raiva, do tipo: "Comece sempre pelo princípio" — sim, essa fala está no filme! Meu Deus...



 Escrito por Bakemon às 12h59
[ ]



Puta que pariu, depois de quase me aposentar forçadamente devido a problemas com o UOL Blog, a coisa parece que voltou ao normal. Para celebrar a imensa felicidade do sistema estar funcionando novamente falo de dois filmes sobre um tema que tem tudo a ver com esse momento de alegria e satisfação: a morte!

Death Note (Dir. Shunsuke Kaneko, 2006)
O que você faria se encontrasse um caderno que trouxesse a morte para todo aquele que tivesse seu nome escrito nele? Até parece um item de sonho de qualquer lista escolar, certo? Light é um desses sortudos que consegue o caderno e, assim, resolve por conta própria, eliminar os malfeitores da sociedade. Alarmada com essas mortes, a polícia começa a caçar o assassino misterioso com a ajuda de um estranho paranormal chamado simplesmente de L. À medida que o cerco vai se fechando, os atos heróicos são deixados de lado e as mortes via caderno se transformam num simples meio de sobrevivência. Trata-se de uma adaptação de um famoso mangá e anime e que assim deve ser encarado. Se você não estiver familiarizado com essa linguagem provavelmente irá odiar DEATH NOTE. Mas se levar o filme numa boa, terá pela frente um bom divertimento.

 

The Suicide Manual (Dir. Osamu Fukutani, 2003)
Antes que o filme fosse queimado e mandado ao inferno pela Associação das Defensoras dos Bons Modos Cláudia Matarazzo, uma mensagem foi logo avisando: trata-se de uma obra que alerta que o suicídio é uma merda e que não incentiva de forma algum tal ato. Afinal, o Japão ainda estava se recuperando dos traumas deixados por SUICIDE CIRCLE, lançado um ano antes. Em THE SUICIDE MANUAL, vemos um casal que trabalha numa emissora de TV que investiga a origem de um documentário que contém diversas dicas de como se suicidar de acordo com a conveniência, desde a simples solução da ingestão de gás até técnicas modernas que utilizam máquinas que mais parecem cápsulas do tempo. Mas aos poucos os dois se vêem atraídos pelo documentário e tentam resistir a tentação de se matarem. Talvez tudo possa parecer uma grande bobagem, mas para um país onde pactos de suicídio pela internet são tão comuns quanto chats sobre os Big Brothers da vida, esse é sim um assunto sério.



 Escrito por Bakemon às 12h43
[ ]



Holy Crap Mountain!!!

El Topo + Holy Mountain + Fando y Lis + La Cravate + a cobertura especial com super hiper duper extras que você sempre desejou mas que sempre teve medo de pedir + OST El Topo + OST Holy Mountain etc etc. Todos restaurados e... acredite se quiser, um pequeno detalhe: legendas em português!!!!! Tudo isso num box sagrado por USD 38 (Amazon US)!!!! 1º de maio é o grande dia.

Agradecimentos ao Maurício "The Evans" Kern pela preciosa informação!!! Valeu, man! Hoje vou dormir com os anjos.



 Escrito por Bakemon às 12h49
[ ]



Coisa boa

Esqueça a pipoca e o cocô-cola. Pegue uma porção de bolinho de bacalhau e uma taça de vinho do Porto e acomode-se! Pois depois do excelente I´LL SEE YOU IN MY DREAMS, Portugal nos apresenta mais um filme de terror bem bacana: COISA RUIM. Mas ao contrário do primeiro, que é uma clara homenagem aos filmes do Fulci e do Romero com zumbis e tal, COISA RUIM caminha mais para o lado do terror que utiliza um drama familiar como pano de fundo, onde o medo do novo e do desconhecido se tornam verdadeiros obstáculoss. A história é sobre uma família de Lisboa que se muda para um vilarejo no meio das montanhas e começam a conviver com seus moradores cheio de estranhas histórias. Assim, o filme discute até que ponto essas histórias são verdadeiras ou não passam de supertições. COISA RUIM pode decepcionar aqueles que buscam apenas sustos, sangue e seres sobrenaturais. Até porque, ele investe mais num bom clima apoiado num bom argumento e uma produção que surpreende. Enfim, um filme que claramente não faz jus ao nome. Só espero que Portugal continue a investir em filmes do gênero. Façamos um acordo então: enquanto mandamos pra lá nossas inúteis novelas, eles nos enviam filmes de terror. Que tal? Assim, todos ficamos felizes e nos divertimos.



 Escrito por Bakemon às 12h27
[ ]



Esse morde!!!

DOG BITE DOG! Um dos filmes mais animalescos vistos recentemente. Animais que tentam se transformar em gente. Gente que se transformam em animais. E quando eles se cruzam... Sai de baixo! Imperdíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiivel!!!



 Escrito por Bakemon às 13h08
[ ]



Trocando idéias antes do fim de semana

Acredite se quiser!
A Europa Filmes mais uma vez me surpeende e coloca em março nas locadoras mais um filme do Wong Kar-wai: AS TEARS GO BY, rebatizado por aqui com o impressionante título de CONFLITO MORTAL. Esse ainda não vi, mas parece coisa boa. Já em abril sai o fodástico DEAD OR ALIVE, do Takashi Miike!! Isso mesmo! MORRER OU VIVER! Imperdível! Os outros dois já estão a caminho! Para finalizar, também em abril tem ESPELHO, ou melhor, INTO THE MIRROR, um razoável terror sul-coreano. Ufa! Quer mais? Eu quero!

Western Days Re-Revisited
Clique aqui e ouça "The Ecstasy of Gold" de Ennio Morricone nas mãos do Metallica. A música faz parte de "We All Love You Ennio Morricone", tributo ao compositor que parece que ganhou uma miniatura de um homem pelado esses dias. É a prova que Kirk Hammet ainda sabe usar as seis cordas!

Grindhouse
Ando meio precoupado. Além de nenhum cara esperto daqui ter comprado o filme para distribuí-lo, dizem que ele pode ser dividido em dois para o mercado internacional. Seria uma tremenda sacanagem. E com a inteligência do pessoal daqui é capaz de trocarem os falsos trailers por comerciais do McDonald´s ou pelo trailer do novo SHIREK!!!

Os não-infiltrados
"O que eu tenho que o outro não tem?" ou "O que eu não tenho que o outro tem?". Alguem por aí deve estar pensando nisso... Bakemon faz um brinde a Wai Keung Lau, Siu Fai Mak, Felix Chong, Siu Fai Mak, Andy Lau, Tony Leung e toda moçada que definitivamente não estão infiltrados no Clube do Mickey.



 Escrito por Bakemon às 10h28
[ ]



FATAL CONTACT

Wu Jing. Anotem esse nome. É aquele fodão de branco que destruiu quase tudo em SHA PO LANG. Aos poucos, ele vem conseguindo seu espaço. Em FATAL CONTACT (2006), ele faz o papel de um falido marabalista que tenta ganhar uma grana lutando em torneios obscuros. E, claro, ele vai mandar muito bem e chamar a atenção de vários mafiosos e oponentes cada vez mais animalescos e blá-blá-blá... Mas, enfim... O maior problema aqui é o diretor. Com a capacidade de quase empurrar o filme ladeira abaixo, Dennis Law mostra ser um diretor limitado que não sai do feijão e arroz e faz um filme burocrático e, muitas vezes, sem foco. Mas calma, não jogue a pipoca fora! Wu Jing está aí para nos salvar desse marasmo e garantir bons momentos. As lutas são no estilo SPL, mas ao mesmo tempo que dá para ver o quanto um cara como Donnie Yen faz falta, dá para perceber como Wu Jing é bom no que faz. Com Jackie Chan... bem, acho que o velho Jackie não conta faz tempo para a pancadaria e Jet Li quase pegando o boné, as portas se abrem para o cara. E que venha mais Wu Jing!

Links recomendados
Olha aí, mais duas páginas bacanas com muitos filme legais para pessoas legais. Confiram:
Stravanganza
Maquinário da Noite (esse também fala de HQ - dos bons, claro!)



 Escrito por Bakemon às 12h41
[ ]



[ ver mensagens anteriores ]