UOL


Trinidad e Tobago, Homem, Mais de 65 anos, Quechua, Assamese, emai:ultramaniacs@ig.com.br


01/02/2009 a 28/02/2009
01/01/2009 a 31/01/2009
01/12/2008 a 31/12/2008
01/11/2008 a 30/11/2008
01/10/2008 a 31/10/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005


Dê uma nota para meu blog


 Acervo de filmes para trocas
 JAPAN ACTION
 Reduto do Comodoro
 Viscera
 Pagoda Reborn
 Projeto 365
 BOL - E-mail grátis
 UOL - O melhor conteúdo
 Mochileiros.com
 O Viajante
 Necrofilmes
 Arquivo HQ
 Asian Fury
 Viver e Morrer no Cinema
 Blog do Medina
 Kinocrazy
 Mondo Paura
 Titara´s World
 Erocks
 Lolitas Sanatorium
 Bulhorgia
 Blog do Baiestorf
 Hediondo
 Cineasia
 Cave
 Blog blog blog
 Muitas Abobrinhas
 Demmentia 13
 Uebbemais
 Rabisco
 Impressões Cinéfilas
 Horror and Kung Fu
 Sonykowfax
 Bressonianas
 Universos Cinobibliomusicais
 Zatoichi
 Mad Blog
 Carlos Lira
 Os Jovens Turcos
 Grande Otelo
 Asian Virus
 Anime Comic
 Textos do Ad
 Revista Zingú
 Caminhante Noturno
 Vá e Veja
 Monsenhor
 Palace Hotel
 Boca do Inferno
 My Asian Movies
 Claquete
 Blog de Cinema
 Stravaganza
 Maquinário da Noite
 Museu do Cinema
 Hong Kong Old School
 Os Intocáveis
 Horror Express
 F World
 Setor 8
 A Arca
 Eco Social
 Nocturnia Z
 O Fanático
 Cam. Noturno Games
 Tudo Vintage ou Não
 Rolo de Filme
 Cine Terceiro Mundo
 Contatos Imediatos
 Cine Groove
 Musas
 Age of Asia






O que é isto?
BAKEMON


Maulajat detona!


Pelas barbas do profeta! Dá uma olhada na cara do tiozão-todo-poderoso-total-destruction da imagem. Na boa, não fica difícil resistir a um DVD com uma capa maravilhosa dessas? Claro que não pensei duas vezes e fui atrás. Paul Kersey? Saddam Hussein? Ratinho? Que nada! Maulajat é o nome do cidadão que em nome de seu machadão vingador abençoado por Bin Laden protege os pacatos habitantes de um vilarejo dos malfeitores que teimam a desafiar a paz local. Com ele é assim: peidou, fedeu, cara! Não tem meio termo. No filme, Maulajat (interpretado pelo sultão Rahi) tenta impedir que Nat e sua gangue roubem as mulheres desse vilarejo. É inacreditável como a gritaria rola solta. É um discutindo com o outro sem parar! Claro que não entendi nada, afinal é todo falado em urdu e sem legendas. Mas tenho a leve impressão que eles não estavam trocando elogios sobre o kekab da mãe ou trocando idéias sobre o melhor shampoo para bigodes. É impossível também não rir das impressionantes caretas que eles fazem. E claro que depois a pancadaria rola solta! Seja com socos e chutes atômicos (entenda como quiser), golpes de karatê, espingardas ou facões ginzu. E, de tempos em tempos, rola uma musiquinha tipo Bollywood para tentar acalmar os ânimos. No final, são 2 horas e meia de insanidade. Acredite! Uma maravilhosa desgraceira épica que vem do Paquistão. Segue algumas fotos...





Falando em bigode... Mr. Lemmy, o de sempre, por favor! Obrigado.



 Escrito por Bakemon às 12h30
[ ]



É carnaval!!!!

O trio elétrico já está nas ruas...

...e só vai atrás quem tem fantasia.

O Mestre e os porta-bandeiras pedem passagem.

As mulatas já estão na área.

A bateria aqui também é nota dez!

E, claro, tudo com muito samba no pé.



 Escrito por Bakemon às 11h53
[ ]



A Bruxa de Blair do Japão

(Noroi. Japão, 2005. Dir. Koji Shiraishi)
Anos atrás uma popular série televisiva — recentemente lançada em DVD — chamada "Honto ni Atta! Noroi no Video" (Isso verdadeiramente aconteceu! - Videos Amaldiçoados) aterrorizava os japoneses. Eram pequenos documentários com casos arrepiantes baseados em fatos reais. Um dos principais diretores da série era Koji Shiraishi, que desta vez retorna com o aval do mega produtor Taka Ishise (Ju-On) para nos amaldiçoar com mais este filme.

Em NOROI, temos Masafumi Kobayashi, um famoso jornalista japonês especializado em investigar casos sobrenaturais. Para ele, o que valia era ir a fundo, "não imposta o quanto assusador fosse". Um dia, Kobayashi desapareceu misteriosamente após sua casa ser destruída por um incêncio dias depois do término de uma investigação sobre Junko Ishii, uma estranha mulher que ele julgava ser remanescente de uma família que cultuava um espírito maligno. Essa investigação deu início alguns meses antes do incêndio, quando ele recebeu uma carta de uma moradora relatando estranhos barulhos vindos de uma casa vizinha (ela também morreu após a denúncia!!!) onde Junko morava.

NOROI nada mais é do que a reconstituição dessa investigação usando filmagens por ele feitos e imagens de outros programas televisivos envolvendo outras pessoas com poderes paranormais, que mais tarde teriam suas conexões com o tal espírito desvendadas por Kobayashi. Assim, o filme todo é montado como um grande documentário macabro e derradeiro de Kobayashi. Apesar do modelo documentário nos privar de efeitos especiais e parafernálias do tipo, isso não quer dizer que não haja imagens impactantes e poderosas — às vezes uma imagem tremida, borrada e desfocada pode ser mais aterrorizante que um monstrinho dentuço filmado em HD. Mas os fatos dessa investigação falam por si e isso já é suficientemente interessante. E o que dizer do final? Supimpa! NOROI é, no mínimo, mais um bom filme produzido por Taka Ichise que vale a pena ser visto. Agora, se você vai acreditar na veracidade do incidente, já é uma outra história...



 Escrito por Bakemon às 12h43
[ ]



Dois lados de uma mesma moeda

Mary
(Itália/Alemanha/EUA, 2006. Dir Abel Ferrara)
Um diretor faz um filme sobre Cristo e Maria Madalena que afeta a reliogisidade de todos em sua volta. Alguns saem para entender o mundo e difundir a fé; outros buscam a ajuda Dele em momentos difíceis e outros, como eu, querem que o filme acabe logo. Afinal, a última coisa que precisava era um filme desses que mais parece ter sido encomendado pelo Papa. Mas o que eu fiz para merecer isso? Cacete, Abel Ferrara!! Não posso negar que o filme é super bem feito, isso sem falar nas boas atuações, especialmente de Forest Whitaker e sua excelente cara de bunda de sempre. Com todo respeito, não precisava de um sermão...

H6: Diario de un asesino
(Espanha, 2005. Dir Martin Barón)
Um retardado sai da prisão após matar sua ex-esposa e herda da sua falecida avó uma hospedaria onde funcionava um puteiro. Ele começa então a atrair garotas para lá e explorar todos os seus desejos sádicos: estuprá-las, mutilá-las e cozinhá-las para convidados ("estes miolos estão uma delícia, querido"). Tudo isso para livrar o pecado dessas pessoas em nome de Deus. Mais um... Bons tempos aqueles que as pessoas faziam maldade em nome de satã!!! Acho que o cara perdeu totalmente a credibilidade! No meio desse monte de filmes de terror modernos, digo que este não me acrescentou nada. Mas se você precisa de uma receita para variar seu menu e gosta de cenas fortes pode valer a pena.



 Escrito por Bakemon às 12h23
[ ]



Um no DVD e outro no cinema

METAL: A HEADBANGER´S JOURNEY (EUA, 2005. Dir. Sam Dunn)
Bons tempos aqueles quando jogávamos a espuma dos extintores de incêndio em punks que estavam a caminho dos shows dos Toy Dolls e dos Ramones; maus temos aqueles quando eles revidavam atirando sacos com xixi enquanto nos dirigíamos ao show do Motorhead. Bons tempos aqueles quando roubávamos de playboys camisetas do Bon Jovi e do Europe e dávamos para as garotas; maus tempos aqueles quando levava fora de garotas só por que usava uma camiseta do Venom com um bode satânico estampado etc etc. Tudo isso e muito mais me veio a cabeça quando assistia esse documentário. Nele, o fã e atropólogo Sam Dunn faz um apaixonante documentário e tenta explicar porque o gênero é, ao mesmo tempo, o mais amado e odiado do planeta e constantemente visto de maneira esteriotipada pela mídia. Relata os primóridos Sabbazeira até o mais extremo Black Metal norueguês, com direito a depoimentos de gente de primeira grandeza, como Dio, Tom Araya, Lemmy entre outros. Posso dizer que, como documentrário é fraco, mas não creio que seja culpa do Sam. É mesmo muito difícil condensar mais de 40 anos de sonzeira em 90 minutos. Mas não deixa de ser imperdível para quem curte. Hoje, Bakemon está domesticado e ouve de tudo (quase tudo). Mas se eu me arrependo de algo? Claro que não! Afinal, como diz o ditado: "Daqui a vinte anos, você estará mais desapontado com as coisas que deixou de fazer do que pelos erros que cometeu."

Apocalypto (EUA, 2006. Dir. Mel Gibson)
Violento? Se você ainda se impressiona com cabeças sendo cortadas e rolando escadaria abaixo e corações sendo arrancados, pode ser. Visualmente poderoso? Sim. Só lamento que o cara não tenha explorado mais isso. Historicamente coerente? Não! Mas não estou aqui para dar aula de história ou de arqueologia. Só digo que o filme é visualmente impecável, mas infelizmente a história é manjada, previsível e sem pimenta. Isso sem falar nos índios, que parecem sempre ter a disposição uma acadêmia da Runner e um salão de beleza em plena selva. No fim, não passa de apenas mais um razoável burrito de fast-food americano.



 Escrito por Bakemon às 12h56
[ ]



Olha o Rapidão aí, gente!

Esses dias conferi TURISTAS num DVD piratão e compartilho com vocês uma cena que me fez lembrar a sequência inicial de MASSACRO IN DINOSAUR VALLEY, de Michele Tarantini, igualmente filmado por aqui. É hilário! O resto é resto. Só se salvam as maravilhosas imagens das praias e cachoeiras de Prumirim e Almada, em Ubatuba.

Com o Rapidão se chega lá!


Limpeza no ônibus é fundamental!


Mensagem de boas vindas


"Sai da frente, seu viado!", diz educadamente o motorista para o motoqueiro.



 Escrito por Bakemon às 12h33
[ ]



[ ver mensagens anteriores ]