UOL


Trinidad e Tobago, Homem, Mais de 65 anos, Quechua, Assamese, emai:ultramaniacs@ig.com.br


01/02/2009 a 28/02/2009
01/01/2009 a 31/01/2009
01/12/2008 a 31/12/2008
01/11/2008 a 30/11/2008
01/10/2008 a 31/10/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005


Dê uma nota para meu blog


 Acervo de filmes para trocas
 JAPAN ACTION
 Reduto do Comodoro
 Viscera
 Pagoda Reborn
 Projeto 365
 BOL - E-mail grátis
 UOL - O melhor conteúdo
 Mochileiros.com
 O Viajante
 Necrofilmes
 Arquivo HQ
 Asian Fury
 Viver e Morrer no Cinema
 Blog do Medina
 Kinocrazy
 Mondo Paura
 Titara´s World
 Erocks
 Lolitas Sanatorium
 Bulhorgia
 Blog do Baiestorf
 Hediondo
 Cineasia
 Cave
 Blog blog blog
 Muitas Abobrinhas
 Demmentia 13
 Uebbemais
 Rabisco
 Impressões Cinéfilas
 Horror and Kung Fu
 Sonykowfax
 Bressonianas
 Universos Cinobibliomusicais
 Zatoichi
 Mad Blog
 Carlos Lira
 Os Jovens Turcos
 Grande Otelo
 Asian Virus
 Anime Comic
 Textos do Ad
 Revista Zingú
 Caminhante Noturno
 Vá e Veja
 Monsenhor
 Palace Hotel
 Boca do Inferno
 My Asian Movies
 Claquete
 Blog de Cinema
 Stravaganza
 Maquinário da Noite
 Museu do Cinema
 Hong Kong Old School
 Os Intocáveis
 Horror Express
 F World
 Setor 8
 A Arca
 Eco Social
 Nocturnia Z
 O Fanático
 Cam. Noturno Games
 Tudo Vintage ou Não
 Rolo de Filme
 Cine Terceiro Mundo
 Contatos Imediatos
 Cine Groove
 Musas
 Age of Asia






O que é isto?
BAKEMON


Palmas novamente

Não. Infelizmente Bakemon não estava em Veneza, mas conferi esses dias DÁLIA NEGRA, o novo filme do Brian de Palma. Pra mim não é o melhor do cara, mas mesmo assim é um belo filme que vale muito a pena. Tá tudo lá: mortes classudas e violentas, mentes perturbadas e obssessivas, intrigas, mulheres gostosas e sacanas, perversidades sexuais, tudo isso recheado num intrincado noir de primeira ambientado numa podre Hollywood dos anos 40. Ah, e a minha Scarlett... Maravilhosa como sempre...



 Escrito por Bakemon às 16h39
[ ]



Por gentileza, aumente o volume!

Achei no YouTube uma das aberturas mais bacanas que conheço. MASTER OF THE FLYING GUILLOTINE (aka One-Armed Boxer vs The Flying Guillotine)!!! A mistura da música, das cores, e claro, dos personagens é algo absolutamente maravilhoso. Um clássico pop! Confiram! 

Mais um link
De vez em quando é bom ler comentários sobre filmes visto de uma ótica diferenciada. Por isso, visitem o site do Carlos Lira e reflitam. Link aqui ou na coluna esquerda do trem.



 Escrito por Bakemon às 12h50
[ ]



MAIS DOIS ARGENTINOS ENTRE NÓS
A partir de setembro nas locadoras. O primeiro é legalzinho. O segundo é legalzão.

ELE TAMBÉM ESTARÁ ENTRE NÓS!
Finalmente IMPRINT nas locadoras com o título MARCAS DO TERROR (eca!). Com extras e tudo! A partir do dia 29/09. Imperdível! Gracias ao camarada Maurício Kern por indicar o precioso link.

ELE TAMBÉM?
THE HOST, um dos filmes sul-coreanos monstruosos mais falados e misteriosos do ano pode estar desembarcando no Brasil depois de destruir todos os recordes em seu país. Quem afirma isso é o site Cineclickasia, que coloca o Brasil como um dos países que compraram os direitos de exibição. Vamos torcer que seja verdade.



 Escrito por Bakemon às 12h45
[ ]



HARD CANDY

Um cara comentou comigo: "É como aquele filme ESQUECERAM DE MIM, só que mil vezes mais sinistro e violento". Ok. Não tinha base de comparação, afinal não assisti aquele filme por inteiro. Mas o cartaz é bacana e isso bastou para me atiçar. É sobre uma garotinha de 14 anos, meiga e aparentemente inocente, vestida de Chapeuzinha Vermelha que adora doces que se encontra com um cara mais velho após bate-papos virtuais na net. Olhares pra cá, pra lá... Eles acabam indo parar na casa do cara, um fotógrafo com posteres de modelos (algumas menores de idade) pendurados pela casa. Depois de muito xaveco e insinuações sobre o cara ser um pervertido ou não, a garotinha pega o cara no jeito e mostra a que veio. A caça vira o caçador! Começa então, a torturá-lo fisicamente e destroçá-lo mentalmente. E fica a sensação que a perversão não tem idade nem sexo. Além do discurso social sobre a internet e a pedofilia, o filme se salva pelas boas atuações e pelo visual modernoso, com tons fortes, coloridos e bem contrastantes (do jeito que a criançada adora). Apesar disso, o clima de tensão, de namoro ou de amizade é prejudicado pela edição irregular, principalmente na primeira parte do filme (antes da tortura começar). Enfim, HARD CANDY até que é legalzinho, mas nada muito espetacular e aterrorizador para quem está acostumado com filmes do gênero, mas é daqueles que vale uma conferida. Mas será que... Esqueceram de Mim... Macaulay Culkin... Pedofilia... Michael Jackson... Acho que entendi.>/font>



 Escrito por Bakemon às 12h49
[ ]



O trio parada dura

Bom, finalmente consegui colocar minhas mãos e meus olhares em DRAGON TIGER GATE. O filme começa alucinante, arrepiante e com uma elegência próxima ao SHA PO LANG. Wilson Wip dá um show de bola com a câmera. A sequência das lutas em um restaurante japonês é um espetáculo! Enquanto rola a porrada, a câmera fica em perpendicular filmando todos os cômodos do local, flutuando de um lugar para outro, aparentemente sem cortes, lembrando o começo de BREAKING NEWS, de Johnny To; depois desce e acompanha as lutas "em terra" onde persegue as lutas por osmose, fazendo lembrar a cena do corerdor em OLD BOY. Nota mil!!! Um clássico! Mas como tudo que é bom dura pouco, após essa sequência destruidora vem um filme morno, sonolento e ingênuo. No meio, uma lutinha bacana com uma bela fotografia. Depois dá-lhe mais draminhas. E, no final, mais pancadaria das boas em um templo, com um visual que lembram os filmes do Tony Jaa. Mas isso não apaga aquele gostinho de "podia ser melhor". O filme é uma adaptação de um comics que conta a história de dois amigos de infância: Dragão (Donnie Yen, com força das mãos) e do Tigre (Nicolas Tse, com suas patadas animais) que se encontram após anos de separação. Esses dois e mais o Turbo (Shawn Yue e seu nuchaku) tentam resolver suas divergências em nome de um portal ameaçado por um cara do mal. Mas, cara, só aquela sequência inicial que falei já vale o filme.



 Escrito por Bakemon às 11h36
[ ]



Vermilion Pleasure Night

Esse é o nome de um programa da TV japonesa que rola (ou rolava) madrugada a dentro naquele país. Muita doidera, personagens caricatos e exagerados, animações, musicais modernosos e propositadamente ridículos, às vezes bobinhos, mas muitas vezes geniais, em um desfile lisérgico com um delírio visual para sonâmbulo nenhum botar defeito. Destaque para a novelinha The Fuccon Family (Oh, Mikey!) onde todos os personagens são sorridentes manequins típico dos anos 50, é algo como os Thunderbirds em tamanho gigante; em Dr. Phero vemos duas enfermeiras gostosas que mais parecem robôs sacanearem seus pacientes etc etc. Depois de assistir esse programa, sinto que as nossas emissoras ainda continuam no século passado. Uma pena.

Produção, socorro!!! Produção!
Falando em TV, começa hoje mais um Festival Obrigatório de Pegadinhas. Haja...



 Escrito por Bakemon às 12h26
[ ]



PORRADA! PORRADA!

BORN INVINCIBLE (Dir. Joseph Kuo, 1978)
Porradaria sem fresucuras que vai direto ao assunto. Taí uma fórmula que não tem erro. Joseph Kuo sabe disso; é um cara esperto e botou pra quebrar nesse filmaço destruidor e sem neh-nhe-nhem. No filme, uma sucessão de desafios é deflaglada após a morte de um querido mestre. Então, seus discípulos, um a um, vão desafiando os assassinos (Lo Lieh e Carter Wong). O primeiro é um magnífico lutador armado com um quebra-espadas (não sei o nome desse troço). Já Carter é um indestrutível lutador que foi treinado nas artes do Tai-Chi desde os 3 anos de idade, tornando seu corpo mais resistente que o titânio!!! Sim, coisa boa tem que ter uma certa dose de bizarrice! Maravilhosas e alucinantes sequências que deixar o queixo caído dão o tom do filme. Outra coisa legal deste filme é que ele é meio anárquico. Aquele blábláblá que diz "use as artes marciais só em caso de defesa própria" e outros ensinamentos bullshit são renegados e a única palavra que vale: vingança!

HEAVEN AND HELL (Dir. Chang Che, 1979)
Chang Che já fez muitas doideras, mas provavelmente nenhum é tão bizarro quanto este. Coloque no liquidificador filmes de gangsters, porradaria marcial, GREASE, os dois JIGOKUs (Nobuo Nakagawa e Teruo Ishii) bata bem e você terá uma idéia do que é esse filme. Che usa e abusa da linguagem teatral, com cenários feitos de isopor e papelão, atuações cênicas (principalmente nas sequências musicais), coreografias circenses, iluminação pop-multicolorido etc. Se você procura uma avenura de pancadaria pode se decepcionar; mas se gosta de doidera e busca algo diferente é uma ótima opção. No filme, Xin Ling é um infeliz anjo soldado dos céus que deixa um casal fugir para a vida na Terra. Como punição, retorna à Terra reincarnado como um taxista; que por sua vez se mete em confusão e morre. Vai então ao inferno. Lá, faz de tudo cair fora daquele lugar e ganha uma chance quando recebe ordens de Buda (que visita o inferno uma vez por ano) para eliminar alguns malfeitores que estão no inferno. Um típico filme de "roadmovie" espiritual (se é que existe isso).

P.S. Antes que me perguntem: não, o Chang Che não copiou o filme do Teruo Ishii. Pelo contrário. Não seria estranho se Ishii tivesse se inspirado em algumas sequências do H&H, como a cena onde um servo do diabo puxa a língua dos pecadores usando um gigantesco alicate. Até as cores utilizadas e alguns personagens são bem parecidos.



 Escrito por Bakemon às 12h24
[ ]



Enquanto isso, na terra dos sanguessugas...

TERROR NACIONAL
Siiiiiiiiiiiiiiiim!!!!!!! Uma ótima oportunidade para conferir o que rola no terror nacional. Veja abaixo a programação do Panorama Dark Side, dentro do Festival Internacional de Curtas de São Paulo. Um dos curtas é "Akai", de Carlos G. Gananian. Confira o bacaníssimo trailer em www.geralfilmes.com.br

25/08, às 22h no CineSesc
30/08, às 19h no Cinusp
31/08, às 21h no Museu da Imagem e do Som

Parabéns a todos os participantes e mantenham esse pique!!!

 

MARMELADA!
Um escândalo!!! Um roubo!!! Inacreditável!!! MARCAS DA VIOLÊNCIA, SHA PO LANG e IMPRINT não levaram nenhum prêmio na primeira edição do Prêmio Contigo de Cinema! 2 FILHOS DE FRANCISCO levou quase tudo...



 Escrito por Bakemon às 16h01
[ ]



TOUR DE FRANCE

A estréia do remake de THESE HILLS HAVE EYES (VIAGEM MALDITA) do promissor diretor francês Alexander Aja me animou a assistir mais dois filmes franceses de terror. Vamos lá.

ILS (Dir. David Moreau e Xavier Palud, 2006)
Na romântica Romênia, um casal francês que mora numa casa meio distante da cidade é aterrorizada por uma quadrilha sádica que faz do ato de assassinar e de torturar sua grande diversão. Tudo isso por que o casal não queria saber de brincar... FUNNY GAMES? ALTA TENSÃO? O filme alterna sequências entediantes com alguns bons momentos como a perseguição em estreitos labirintos escuros; além disso, possui um certo discurso social. Um filme razoável que poderia render mais. Baseado em fatos reais.

 

CALVAIRE (Dir. Fabrice Du Welz, 2004)
O carro de um cantor que anima velhinhos em asilos quebra no meio do nada. Ele então se hospeda na casa de um cara que depois se revela ser seu pior pesadelo. O cara é um retardado que faz de seus traumas uma desculpa para aterrorizar e torturá-lo. Filme bacana que não usa o sangue ou corpos decepados como instrumento de terror, mas sim o medo do desconhecido, principalmente diante da coisa mais perigosa deste planeta: o ser humano e sua mente imprevisível. Destaque para a aparição da ex-estrela pornô francesa da década de 70, Brigitte Lahaie. Hoje, uma tiazona plastificada com toneladas de prozac pelo rosto.

 

O ano dos tetras!
Bakemon não conseguiu ingressos para a festa de hoje à noite na Mansão do Morumbi. Mas usarei meus poderes extrasensoriais para teletransportar todo meu pensamento positivo para mais um triunfo tricolor.

Mais alguns links
Aproveito para convidá-los a conhecer novos sites que adicionei na coluna da esquerda, como o porrada ZATOICHI, o bressoniano BRESSONIANAS e o variado UNIVERSO CINOBIBLIOMUSICAIS (de Portugal). É isso aí! Divirtam-se!



 Escrito por Bakemon às 12h35
[ ]



DIRETO E RETO

Estou sem tempo para fuçar a net, por isso, vou direto ao assunto sobre alguns filmes assistidos recentemente.

R-POINT (Dir Konh Su-Chang, Coréia do Sul, 2004)
No Vietnã, um grupo de soldados sul-coreanos é enviado a uma área (R-Point) para tentar encontrar soldados desaparecidos. Chegando lá, dão a cara com estranhos acontecimentos e são mortos um a um. Falaram que era o filme coreano definitivo que juntava guerra com terror, mas não passa de mais uma produção mediana que em nada acrescenta ao gênero. Prefira DOG SOLDIERS.


 

ZOO (vários, Japão, 2005)
Bacaníssima coleção de 5 histórias sobrenaturais. Destaque para KAZARI TO YOKO (Dir Ryu Kaneda) onde uma irmã rejeitada pela mãe bola um plano para se vingar de sua mimada irmã gêmea; e SEVEN ROOMS (Dir Masaki Adachi), um casal de irmãos acorda numa sala onde escorre uma água nojenta (e uma vez por dia, corpos triturados). Se você pensou no CUBO acertou, mas mesmo assim é um conto super legal.

 

CAFÉ LUMIERE (Hou Hsao-Hsien, Japão/Taiwan, 2003)
Homenagem do diretor taiwanes ao master of the masters Yasujiro Ozu. Foi como passar bons momentos adimirando belíssimos quadros. É sobre um cara que fica gravando sons de trens e uma garota que pesquisa um pianista taiwanes que viveu no começo do século no Japão. Tudo rola com muita simplicidade e naturalidade. Um filmaço!

SUPERHOMEM: O RETORNO (Brian Singer, EUA, 2006)
Sessão da Tarde de Páscoa. O filme gospel do ano!



 Escrito por Bakemon às 11h30
[ ]



[ ver mensagens anteriores ]