UOL


Trinidad e Tobago, Homem, Mais de 65 anos, Quechua, Assamese, emai:ultramaniacs@ig.com.br


01/02/2009 a 28/02/2009
01/01/2009 a 31/01/2009
01/12/2008 a 31/12/2008
01/11/2008 a 30/11/2008
01/10/2008 a 31/10/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005


Dê uma nota para meu blog


 Acervo de filmes para trocas
 JAPAN ACTION
 Reduto do Comodoro
 Viscera
 Pagoda Reborn
 Projeto 365
 BOL - E-mail grátis
 UOL - O melhor conteúdo
 Mochileiros.com
 O Viajante
 Necrofilmes
 Arquivo HQ
 Asian Fury
 Viver e Morrer no Cinema
 Blog do Medina
 Kinocrazy
 Mondo Paura
 Titara´s World
 Erocks
 Lolitas Sanatorium
 Bulhorgia
 Blog do Baiestorf
 Hediondo
 Cineasia
 Cave
 Blog blog blog
 Muitas Abobrinhas
 Demmentia 13
 Uebbemais
 Rabisco
 Impressões Cinéfilas
 Horror and Kung Fu
 Sonykowfax
 Bressonianas
 Universos Cinobibliomusicais
 Zatoichi
 Mad Blog
 Carlos Lira
 Os Jovens Turcos
 Grande Otelo
 Asian Virus
 Anime Comic
 Textos do Ad
 Revista Zingú
 Caminhante Noturno
 Vá e Veja
 Monsenhor
 Palace Hotel
 Boca do Inferno
 My Asian Movies
 Claquete
 Blog de Cinema
 Stravaganza
 Maquinário da Noite
 Museu do Cinema
 Hong Kong Old School
 Os Intocáveis
 Horror Express
 F World
 Setor 8
 A Arca
 Eco Social
 Nocturnia Z
 O Fanático
 Cam. Noturno Games
 Tudo Vintage ou Não
 Rolo de Filme
 Cine Terceiro Mundo
 Contatos Imediatos
 Cine Groove
 Musas
 Age of Asia






O que é isto?
BAKEMON


SERES RASTEJANTES

Um dos filmes mais divertidos de 2006! Pode assistir tranquilo que esses sanguessugas são legais e não ficam fraudando compras de ambulâncias e ainda curtem um TOXIC AVENGER. Corra, antes que saia de cartaz!



 Escrito por Bakemon às 12h25
[ ]



SUPERMEN RETURNS
Agumas certezas desse filme: que é super tosco e que tudo é falso: o Bruce Lee não é Bruce Lee, mas sim o terrível Bruce Li; o Kato não é Kato; o Besouro Verde é fajuto e usa um uniforme vermelho parecido com o Super Herói Americano (depois, o Kato também) que parece ter poderes de... voar!!!; os Supermen não passam de ridículos vilões chulés... Tudo começa quando uma gangue tenta capturar Dr. Ting e sua filha depois de um mergulho sensual (peladona mesmo!) num lago poluído. Eles estão atrás da invenção de Dr. Ting que transforma petróleo em comida (!!!). Mas a sorte deles é que Kato e um fiel escudeiro passam férias em Hong Kong e vão salvá-los. Inicia-se então, intermináveis perseguições extremamente monótonas, ridículas lutas com coreografias bisonhas; e acrescente a isso uma trilha sonora a la Emerson, Lake & Palmer. Podia ser pior? Enfim, um filme que, dependendo do ponto de vista, pode ser imperdível ou simplesmente horripilante.

CONTINUO LOST
Cara, continuo perdido... O final da segunda temporada mandou bem novamente. Personagens se vão e outros voltam... É claro que é tudo enrolação, mas é enrolação das boas. Mas é tanta reviravolta que tenho a impressão que o final vai ser meio bunda, assim como foi ARQUIVO-X. Só não sei quando isso acontecerá...

IMPERDÍVEL NA TV
Sim, a TV Cultura ainda tem jeito. Está de volta a sessão "Mostra Internacional de Cinema". Amanhã é a vez do maravilhoso DEPOIS DA VIDA, de Hirokazu Koe-Eda. Se você tem dificuldade de encontrar esse filme nas locadoras, prepare o gravador. E fique atento, pois cada semana tem um filminho nessa linha.

MAIS DOIS PINTANDO POR AQUI COM TÍTULOS (TRADUÇÃO) DE DAR MEDO
Em video, em julho: Medo (A Tale of Two Sisters), de Kim Ji-Woon
Nos cinemas, em agosto: Assombração (Re-Cycle), dos Pang Brothers



 Escrito por Bakemon às 11h18
[ ]



Um thriller argentino e um terror (?) boliviano

EL AURA, de Fabián Bielinsky, 2005
Esteban é um taxidermista que sofre de epilepsia; o cara possui uma incrível capacidade de memorização de dados e de noção de espaço, isso faz com que viva fantasiando assaltos e golpes para fugir da realidade de sua vidinha de merda. Depois de ser abandonado pela esposa, resolve aceitar o convite de um colega e ir caçar bichinhos pela floresta. Durante esse estúpido passatempo, mata acidentalmente o dono da pousada onde estava hospedado e descobre que ele estava planejando um grande assalto. Sem nada a perder, usa seus incríveis poderes para levar o plano adiante e sonhar com seu êxito. Este é o resumo de EL AURA, o filme argentino mais falado de 2005 que finalmente pude assistir em DVD. Diferente do excelente NOVE RAINHAS, o diretor Fabián Bielinsk, impõe um ritmo mais lento e introspectivo e até certo ponto bem obscuro quando trabalha a personalidade estranha do Esteban, um cara tímido de poucas palavras, mas que não pensa duas vezes quando uma oportunidade aparece. É como se ele estivesse vivendo um grande sonho no meio de uma floresta "encantada". Ouso comparar sua personalidade com alguns personagens de Kiyoshi Kurosawa ou até David Lynch. Filme bacana que merece ser conferido.

 

Qati Qati (Susurros de Muerte), de Reynaldo Yujra, 1999
Cada coisa que achamos por aí... Esse filme boliviano tem cerca de 30 minutos e mostra um grupo de camponeses que tenta encontrar o responsável pelos constantes roubos de batatas. Numa noite, um cara resolve se esconder no meio da plantação para ver se pega o desgraçado no flagra. Sua esposa o adverte que um tal de Qati Qati possa ser o responsável por isso. Trata-se de cabeças voadoras (!!!) que saem à noite para roubarem as vidas das pessoas. Cético, o cara não dá a mínima... O filme é todo falado no dialeto aymará (com legendas em espanhol) e apesar de ser bem simplório é bem feitinho e as cenas noturnas são até surpreendentes. Sério... Interessantíssimo!



 Escrito por Bakemon às 12h30
[ ]



FOTOGRAMAS DE UM VELHO SAFADO

Factotum
FACTOTUM (2005) é mais um filme que não pude conferir na última Mostra, problema resolvido com o Santo DVD. Trata-se de mais uma adaptação de um livro do mestre Charles Bukowski para o cinema. Considero o livro um dos melhos do cara, mas o filme não chega nem aos pés. Não que seja ruim, mas faltou alguma coisa nesse filme. O gostinho de quero mais que sinto toda vez que leio um livro do cara, não se repete no filme. Matt Dillon até que se esforça no papel do alter-ego Henry Chinaski, mas não convence. Está até melhor que Mickey Rourke em BARFLY ou Ben Gazarra em CRÔNICAS DE UM AMOR LOUCO. Quem sabe tenha sido algo no roteiro, sem a agilidade e sem o devido apego às ruas, às mulheres e às bebidas que Bukowski transborda em seus livros. Faltou ao diretor Bent Hamer transmitir de maneira poética o ambiente com seus bares empoeirados e seus habitantes que vivem em meio a goles de whiskys de segunda categoria. Em Factotum, temos as idas e vindas de Henry Chinaski em seus diversos empregos e amantes em meio a diversas garrafas de cerveja, de vinho ou qualquer outra coisa que contenha álcool enquanto tenta ganhar a vida como escritor.

MAIS BUKOWSKI...

Sobre o cinema
"Bukowski não se sentia intimidado por atores de cinema porque tinha pouca consideração pelo trabalho deles. Ele podia contar nos dedos de uma mão os filmes que gostava. Sendo mais sofisticado em termos culturais do que em geral se supunha, gostava do trabalho de Akira Kurosawa, e seu filme eternamente favorito era ERASERHEAD. Bukowski demonstrou sua desconsideração por filmes comerciais quando conheceu Arnold Schwarzenegger. Sem nenhum motivo especial disse a Schwarzenegger que ele era uma grande merda".
Trecho da biografia "Charles Bukowski: Vidas e Loucuras de um Velho Safado", de Howard Sounes.

Barfly
Bukowski criou uma antipatia muito grande com Fane Dunaway e detestou ela. Já Mickey Rourke, até achou o trabalho dele interessante, mas depois achou seu papel muito caricato e disse que ele próprio nunca aparentara estar tão acabado. Como tudo começou:
— O cara, vai te foder.
Bati o telefone.
— Quem era? — perguntou Sarah.
— Algum maluco.
— Tem certeza de que não era uma de suas mulheres?
— Só se fez operação de mudança de sexo.
O telefone tornou a tocar. Eu o peguei.
— Siiiimmm...
— Escute, não desligue. Me escute um instante. É Jon Pinchot de novo. Eu li tudo que você escreveu...
— Isso é problema seu.
— Não, espere... Quero que você escreva um argumento...
— Eu detesto argumentos. Detesto Hollywood, detesto atores, detesto cinema. O cinema me causa engulhos...
— Vinte mil dólares.
— Quê?
— Te pago vinte mil dólares para me escrever um argumento.
— Onde é que você está? Pode vir aqui?
Trecho de "Hollywood", de Charles Bukowski, onde conta a experiência de estar no mundo de Hollywood.

Bem Gazarra, Marco Ferrei e Crônicas de um Amor Louco
Bukowski odiou o filme de Marco Ferreri. Achou Ben Gazarra muito boa pinta. Segundo ele: "olhos atraentes como os de um homem constipado, sentado no vaso, fazendo força para cagar". Os livros que serviram de adaptação para o filme também não eram grande coisa, pois eram em sua maioria, contos masoquistas e pornográficos que escreveu para revistas underground e para a Hustler. Na pré-estréia do filme:
— Se fosse eu, já teria parado de datilografar há muito tempo. — gritou Bukowski revoltado com o filme.
— Pssiu. — fez um espectador.
— Ei, o filme é sobre mim. Posso dizer o que quiser!
— Cale a boca!
— Cale a boca você!

Para terminar
Bakemon está atrás do filme CRAZY LOVE (aka LOVE IS A DOG FROM HELL), adaptação obscura dos trabalhos de Bukowski, dirigido pelo belga Dominique Deruddere. Segundo Buk, "a tentativa mais feliz de levar sua obra às telas". Quem tiver uma dica, já sabe...



 Escrito por Bakemon às 12h45
[ ]



Vêm aí mais alguns remakes

- BATTLE ROYALE (se o original até hoje não ganhou distribuição americana devido ao tema polêmico, dá para se ter uma idéia do nível que essa refilmagem terá).
- A TALE OF TWO SISTERS
- DAIMAJIN (será provavelmente dirigido por Takashi Miike)



 Escrito por Bakemon às 12h54
[ ]



É SÓ ALEGRIA!

A VINGANÇA DO KUNG-FU (Vengeance) - Dir. Chang Che (pra variar...), 1970
O ASSASSINO DE SHANTUNG (The Boxer From Shantung) - Dir. Chang Che (de novo!), 1973

 

MINHA MULHER MAFIOSA (My Wife is a Gangster) - Dir Cho Jin-Kyu, 2001
A GUILHOTINA VODORA 2 (The Flying Guillotine 2) - Dir Cheng Kang, 1978



 Escrito por Bakemon às 12h31
[ ]



BATMAN AO CARAJO!

Carajo, cabron! Puta que parió! Como eu adoro esses mexicanos! São uns verdedeiros gênios retardados que nos presenteiam com alguns dos filmes mais destruidores do planeta. Sem pedir licença, são mestres em construir, destruir e reconstruir ícones pop das formas mais absurdas e toscas. E o que falar de mais essa pérola? BATWOMAN - LA MUJER MURCIELAGO? Esqueça um pouco —só um pouquinho, vai— Michelle Pfeifer e Harry Belly. O lance aqui é a charmosa señorita Maura Monti, uma alucinada muchacha que se veste de Batwoman e sai balançando a celulite pra lá e pra cá e detonando os malfeitores liderados pelo diabólico cientista Dr. Williams, que anda sequestrando lutadores de luta-livre para usar seus cérebros para criar homens-peixe e assim dominar os mares!!! A coisa piora quando ele resolve criar a mulher-peixe!!! Isso mesmo! E quem poderia ser a doadora para tal experimento? Adivinha... Resumindo: é imperdivelmente sem noção e divertido!

 

ULTRAMAN MEBIUS

Recentemente, assisti aos primeiros episódios do novo Ultraman, o tal Mebius. Como tinha gostado muito da série anterior, Ultraman Max, a expectativa sobre ele era muito grande. E posso dizer que é mesmo super bacana! Recomendo a todos os fãs das séries ultras. Personagens carismáticos, histórias simples, monstros bacanas, enfim, tudo feito com o espírito altamente pra frente. No Japão, dizem que é o melhor ultra em 15 anos. Para mim, ainda é cedo para dizer, mas parece estar no caminho certo. Tomoyuki-kun, bideo-o oku-te dõmo-arigatou gozaimass...!



 Escrito por Bakemon às 12h35
[ ]



[ ver mensagens anteriores ]